Escrita por Durval Jacinto, a obra debate o legado da tecnologia digital em relação às formas de trabalho, consumo, mecanismos de poder e impactos econômicos e ambientais

Já imaginou ler um livro em que uma das personagens é uma robô humanoide que precisa lidar com os sentimentos humanos? Essa é a proposta de “Eu Mudei o Mundo: a Tecnologia Digital em Análise”, obra escrita pelo Engenheiro Eletrônico e Mestre em Automação Industrial Durval Jacinto, que foi lançada recentemente pela Editora Laços. O autor, que tem 37 anos de carreira nos mercados de tecnologia e comunicações como c-level, revela um livro que discute o impacto e o papel da tecnologia digital nas relações sociais, de trabalho e consumo. Também debate mecanismos de poder, economia e meio ambiente dentro deste contexto, além de trazer à tona questões sobre o uso da inteligência artificial.

Ao escrever uma ficção com traços de realidade, Jacinto traz uma perspectiva completa sobre o mundo da tecnologia, exaltando grandes nomes deste universo e trazendo dados, conceitos e muita contextualização histórica. Usando como base para sua escrita artigos, notícias, blogs e livros, o autor discorre sobre a Quarta Revolução Industrial, que abrange robótica, Internet das Coisas, computação em nuvem e muitos outros conceitos que estão mudando modelos de negócio nas empresas e formas de viver.

“Há muito tempo eu sonhava em escrever sobre transformação digital, mostrando a história das tecnologias e seus impactos no mundo atual, fruto da minha experiência no mercado. Mas eu queria algo que não fosse somente para técnicos ou profissionais da área. Assim, inspirado no romance ‘O mundo de Sofia’, de Jostein Gaarder, que fala de filosofia utilizando uma ficção, eu contei a história da tecnologia usando uma robô humanoide”, explica o autor.

“[Essa robô é] a professora DigTec, que se apresenta como representante da tecnologia. Minha personagem é uma criação futurista da inteligência artificial, totalmente autônoma e com grande conhecimento e capacidade de argumentação. Entretanto, ela entra em crise existencial ao ser programada para lidar com sentimentos humanos para torná-la mais empática no trabalho. Para se tratar, recorre à psicoterapia”, conta o autor. Na história, o psicoterapeuta de DigTec é André que, ao atendê-la, começa a questionar o papel da tecnologia, vantagens, malefícios e até questões éticas. 

Segundo o autor, a obra “Eu Mudei o Mundo” é para diversos públicos com interesse comum em tecnologia. “O livro explica aos leigos como e o que são essas tecnologias, suas histórias e criadores, além de refletir sobre os impactos positivos e negativos delas nas nossas vidas, assim como os limites. Também tratei de questões do momento, como: será que a inteligência artificial vai dominar o mundo? Um robô pode lidar com sentimentos humanos? Quem são os responsáveis pelas externalidades negativas da tecnologia?”, finaliza Durval Jacinto.

Serviço:

Livro: Eu Mudei o Mundo

Subtítulo: A Tecnologia Digital em Análise

Autor: Durval Jacinto

Páginas: 334

Categoria: Administração, Negócios e Economia

Preço: R$ 55,00 na Amazon