Foto: Reprodução

Startup que une características de uma sportech e uma mediatech completou três anos conquistando os fãs que já acompanhavam as modalidades, agora, assume o desafio de ampliar o alcance como entretenimento investindo ainda mais em produção de conteúdo e novas tecnologias nas transmissões ao vivo

Fundada há três anos, a startup Ride2Play! é a primeira plataforma de streaming totalmente dedicada ao cavalo no Brasil a partir de transmissões AO VIVO dos principais eventos de seus clientes, com narração e extrema qualidade de imagem. Nesse período, conseguiu engajar uma relevante comunidade digital de pessoas apaixonadas por cavalos que convivem, competem ou trabalham com esses animais e seus admiradores, um enorme público potencial em busca de entretenimento e, também, de marcas do cavalo e de luxo que apostam na conexão com esportes considerados premium, como a Fórmula 1 e a Champions League.

“O cavalo no Brasil é um mercado que movimenta mais de R$ 30 bilhões por ano, que gera seis vezes mais empregos que a indústria automobilística. Porém, antes da Ride2Play! esse público não orbitava um lugar comum, vivia segmentado em seus silos. Tampouco havia qualquer iniciativa que mensurasse ou buscasse compreender, analisar qualitativa ou quantitativamente essa audiência tão ampla e heterogênea. Somos o quarto país em plantel de animais, ficando atrás apenas do México, China e Estados Unidos”, explica Rodrigo Moraes, fundador da Ride2Play!.

O executivo acrescenta que “é preciso aproximar o brasileiro dessa cultura e acabar com o tabu de que, mesmo como contemplação, esportes equestres sejam algo de interesse apenas a especialistas e às classes elitizadas o automobilismo e as principais competições de tênis também são considerados ‘esportes de luxo’ e demandam investimentos altíssimos para quem busca a prática dessas modalidades, mas isso não impede que seja um dos mais populares entre os brasileiros enquanto entretenimento, com transmissões de alto nível e, principalmente, com patrocínios milionários, em busca dessa audiência”.

Primeiro marketplace do cavalo no Brasil

A Ride2Play! nasceu streaming, um feito muito importante e significativo em um país que já é o segundo em todo o mundo que mais consome conteúdo nesse tipo de formato. Nesse mês de outubro, se prepara para mais um pioneirismo, que é o lançamento do primeiro marketplace direcionado às marcas de produtos e serviços que buscam o atendimento das necessidades do público nichado do cavalo no Brasil.

“As oportunidades entre a publicidade e parceiros para exposição de suas marcas em nossas transmissões e em nosso marketplace são tão gigantes, que nosso formato de negócio atua com acesso 100% gratuito, em full HD para a essa audiência, seja pelo aplicativo ou pelo nosso canal no YouTube. Nossa receita não vem de assinantes, mas sim da publicidade e das parcerias com esse varejo especializado. Não apenas a programação ao vivo é totalmente gratuita, como o acesso ao histórico das performances de mais de 20 modalidades em torneios espalhados pelo país, além de leilões e outros eventos”.

E Moraes finaliza destacando que “são mais de 50 mil pistas e passadas de atletas profissionais e amadores em nosso App, separados por datas, tipos de eventos e por ordem de entradas desses participantes. Será que as marcas de produtos e serviços estão felizes, batendo suas metas de vendas, em suas lojas físicas e onlines? Queremos provocar e propor uma transformação, uma experiência de acesso a um novo hub de negócios nichado do cavalo, onde quem quer comprar, encontra quem quer vender, em um só lugar”.

Mercado em crescimento no Brasil

O interesse pelos cavalos no Brasil tem crescido muito, e isso é algo reconhecido mundialmente. Seja pela sua capacidade de criação devido sua vasta geografia, a variedade de raças existentes e o aumento do reconhecimento dos benefícios das mais variadas Equoterapias. Apenas estes aspectos já seriam suficientes para um olhar de oportunidades para o setor.

Contudo, o que Moraes identificou e busca alcançar com a Ride2Play! é o aumento pelo interesse do consumo de conteúdo e produtos com o entretenimento. “O homem cria uma relação passional, emocional muito forte com o animal, com a natureza e a sensação de liberdade. Não há motivos para mantermos esse universo fechado em uma comunidade extremamente limitada”, conclui o fundador da Ride2Play!